Fica assegurado ao servidor público estadual com deficiência, a redução de 50% de sua carga horária para realizar tratamento.

O projeto prevê que a redução ao servidor estadual precisa respeitar o mínimo de 20 horas semanais, sem prejuízo da remuneração percebida, independente da compensação de horário. A redução será temporária.