Cairo Salim propõe incluir medidas nas escolas para prevenir suicídio de jovens

Com a estrondosa marca de 12 milhões de brasileiros com depressão, e cada vez mais em adolescentes e até crianças, o deputado estadual Cairo Salim (PROS) propõe a inclusão de medidas de conscientização, prevenção e combate à depressão, à automutilação e ao suicídio no projeto pedagógico das escolas públicas em Goiás.

O deputado defende a realização de ações a serem desenvolvidas nas unidades escolares, como palestras e debates, bem como a distribuição de cartilhas de orientação aos pais, alunos, professores e servidores. “Este é um tema que ainda é um tabu para grande parte da população. Mas pelo perigo que a doença pode provocar, temos que tocar nesse assunto”, explicou Cairo Salim, que adiantou a participação de psicólogos nessas ações. “São profissionais capacitados, que vão saber discutir a depressão de forma que todos entendam”.

A campanha Setembro Amarelo chama a atenção para os casos de suicídio no País. No último dado divulgado pelo Ministério da Saúde, houve 106.374 mortes por suicídio entre 2007 e 2016 em todo o Brasil. “O que corresponde ao dado alarmante de um suicídio a cada 46 minutos. Isso é uma doença, que precisa de tratamento”, finaliza Cairo Salim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.